Destaques
Entrevista do Eng. José Aser Castillo na revista Pontos de Vista do jornal Público

“O galego olha para o português como um irmão”

05 JUNHO 2012

Responder às necessidades de empresários e profissionais liberais, particularmente de origem galega é o desafio que se coloca quando se fala na AEGAP. Ser ou não associado não é imperativo. Num mercado em que o fator risco deve ser bastante ponderado, a associação apoia todas as empresas a fazerem as suas escolhas com “peso e medida”.

José Aser CastilloJosé Aser, Presidente da Associação de Empresários Galegos em Portugal, integra os catorze empresários, profissionais liberais e quadros superiores de empresas que, em 1994, deram vida à AEGAP. No período em que era Presidente do Centro Galego de Lisboa, começou a ser sentida a necessidade de destacar a área empresarial. “Havia uma mistura grande entre a componente recreativa, cultural e de negócios. Um dia resolvemos tornar independente a associação de empresários e isso acabou por coincidir com a constituição, na Galiza, de uma Federação de Empresários Galegos”, contou José Aser à Revista Pontos de Vista.

Desde a sua constituição, a AEGAP tem sido uma ponte entre os empresários e o mercado. Empresários galegos em Portugal e nos países de língua oficial portuguesa ou empresários portugueses que estejam estabelecidos na área de influência da Galiza veem na AEGAP um aliado no momento de arriscar.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 Seguinte > Final >>

Pág. 3 de 7